PJC – Auditoria Ambiental

 
O que é ser um 
Auditor Ambiental?
A palavra auditor começou a ser empregada no século XVI e auditoria no século XVII. 
As expressões vem do latim auditor, que quer dizer ouvinte.
Caro leitor não vou cansá-lo escrevendo sobre nomenclatura, minha intenção é informar o que é uma auditoria ambiental e  sua importância nos dias de hoje. De tão importante que é, alguns investidores exigem uma auditoria ambiental antes de emprestar ou investir em indústrias, podendo negar-se a fazê-lo caso a empresa não esteja devidamente auditada.
“Auditoria ambiental é o procedimento pelo qual se examina e avalia periodicamente ou ocasionalmente a relação entre empresas e o meio ambiente.”
A auditoria ambiental é admitida nas formas, pública ou privada, obedecendo-se, claro, a legislação local. No caso brasileiro, ambas são admitidas. A privada pode ser realizada pela própria empresa ou por empresas terceirizadas, no entanto, o fato de se admitir que a própria empresa realize a sua própria auditoria, trás um sério complicador, pois ficaria ao encargo de gerentes de áreas ou diretores a responsabilidade de apontar erros, o que acaba sendo um empecilho, visto que alguns destes, com receio de perder seus empregos, poderão ocultar erros e não conformidades em seus setores, mascarando desta forma a real situação da empresa quanto ao seu comportamento em relação ao meio ambiente. A adoção de auditoria terceirizada trás uma credibilidade maior, sendo responsável pela tomada de consciência das vantagens na concorrência, confere e certifica a consciência ecológica da empresa no plano estratégico de concorrência, dos novos produtos, novas tecnologias e novos sistemas de gestão.
 
Nas fusões de empresas, normalmente é exigido a auditoria ambiental para identificação de passivo ambiental. Algumas das maiores corporações, colocaram em prática auditorias ambientais regulares para assegurar o respeito, a legislação, e que as responsabilidades de longo prazo, como os deveres legais de disposição de rejeitos, sejam apuradas e estejam contempladas nos balanços de suas subsidiárias.
No Brasil existem dois tipos de Estudos de Impacto Ambiental (EIA-RIMA) e Estudo Prévio de Impacto Ambiental (EPIA). A auditoria ambiental será sempre posterior ao EPIA de acordo com o art. 225,§ 1º da CF.
A obrigatoriedade da auditoria ambiental para empresas cujas atividades soa essencialmente poluidoras, é anual.
A auditoria deverá avaliar se as orientações contidas no estudo foram observadas e se os métodos de controle ambiental são eficazes.
A resolução1.836/93 da outrora Comunidade Européia-CE, hoje União Européia, determina que a auditoria ambiental determine:

A CE determina também em seu Anexo I, que deverão ser apresentadas listas de disposições legislativas, regulamentares e outras políticas ambientais. É imprescindível a avaliação jurídica do comportamento da empresa, tratando-se de assunto interdisciplinar.

Agora que você já sabe muito sobre auditoria ambiental, que tal, verificar se no seu local de trabalho a mesma é realizada, contribuindo assim para um planeta melhor, para uma qualidade de vida melhor para todos. Indague, investigue, colabore, espalhe o seu conhecimento sobre o tema! Lembre-se, cuidar do meio ambiente é obrigação de todos.
Saudações ecológicas.
Carlos Avel!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s