PJC – Alimentos Orgânicos

Alimentos orgânicos estão na moda, muito se ouve falar, mas será que realmente você sabe o que são?

Muitos se enganam ao afirmar que estes seriam alimentos apenas livres de agrotóxicos, o que em parte é verdade, mas não é tudo.  Você irá descobrir que outros fatores são fundamentais para que um alimento possa ser considerado orgânico.

Alimentos_organicos

Além de serem isentos de insumos artificiais como adubos químicos e agrotóxicos, resultando na isenção de subprodutos como Nitrato e metais pesados, também devem ser isentos de drogas veterinárias, hormônios, antibióticos e organismos geneticamente modificados. Durante o processamento dos alimentos orgânicos é proibido o uso de radiações ionizantes, que produzem substâncias cancerígenas como o Benzeno, Formaldeido e aditivos químicos sintéticos como corantes, aromatizantes, emulsificantes, dentre outros.

5616169196-562x270

Na legislação brasileira de 2007 o alimento orgânico é definido amplamente da seguinte forma:   a auto-sustentação da propriedade agrícola, no tempo e no espaço; a maximização dos benefícios sociais para o agricultor ou pecuarista; a minimização do uso de energias não renováveis na produção; a oferta de alimentos saudáveis e de valor nutricional; isentos de produtos que possam causar mal a saúde do consumidor, do agricultor e do meio ambiente; o respeito da cultura do agricultor; e a preservação da saúde ambiental e humana.

Agricultura-orgânica-e-sustentável1

É importante saber que alimentos orgânicos não apresentam características inferiores aos inorgânicos.

Na agricultura orgânica, frutas, verduras e legumes são produzidos com o uso de técnicas naturais no combate à pragas e fertilização do solo, têm as mesmas propriedades nutricionais, são mais saudáveis e saborosos.

Já a carne e ovos orgânicos são produzidos sem hormônios, antibióticos e anabolizantes, como dito antes, produtos estes danosos à saúde humana e ao meio ambiente se usados e consumidos por longos períodos.

size_810_16_9_2013-05-24T122508Z_1_BSPE94N0YHY00_RTROPTP_4_NEGOCIOS-MACRO-ALEMANHA-PIB-ATUA

Assim você já tem uma boa ideia do que realmente são alimentos orgânicos e poderá fazer sua escolha ao consumir.  Mesmo assim, vou colocar de forma mais clara ainda as vantagens e desvantagens entre alimentos orgânicos e inorgânicos.

As vantagens: são alimentos mais saudáveis, mais saborosos, usam na sua produção sistemas de responsabilidade social, valorização da mão de obra, respeito ao meio ambiente, evitando a contaminação de água, solo e vegetação, e têm o mesmo valor nutricional.

A desvantagem: os alimentos orgânicos são mais  caros, uma vez que a produção é feita em menor escala e tem custos maiores.

alimentos_orgnicos_2

Não se esqueça de que um alimento orgânico de qualidade tem valor competitivo, qualidade e aspecto igual aos dos alimentos inorgânicos.

Isto colocado, você já possui as informações necessárias para uma compra consciente. Planeta deseja a você, boas compras!

Saudações ecológicas!

Para o universo conspirar, é necessário suar!

Carlos Avel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s