Síndrome de Gabriela

“Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou morrer assim”, quem não se lembra desta música? Ela foi tema da novela Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado, grande sucesso na TV nos anos 70, se você é muito novo (a), sugiro que pesquise na internet, vale a pena, ou mesmo comprar o livro, aí vale mais a pena ainda, pois bem, agora que você foi apresentado (a) a este trecho da música, vamos ao que interessa.

ga
A obra de Jorge Amado que tornou-se uma das novelas mais famosas da televisão brasileira.

Acreditei que aqui de longe, estou nos USA, não me incomodaria mais com as notícias sobre escândalos, roubalheiras, corrupção, violência, entre outros, mas me enganei, penso que o amor pelo meu país acaba sempre por falar mais alto, mas como prometi, não falarei de política, não diretamente pelo menos.

O que me fez escrever este texto foi o fato de ter lido uma carta escrita por um americano que gosta do Brasil, intitulada “Carta ao Brasil”, para quem se interessar, basta procurar no facebook pelo nome dele, Mark Manson. Na carta ele descreve uma série de características dos brasileiros, e tenta explicar as razões pelo quais o Brasil vive nesta gangorra de crescimento e retrocessos, confesso que um dos motivos por ele citado, me chamou muito a atenção, exatamente porque concordo com ele, um dos poucos, aliás, que concordo, faz tempo que quero escrever sobre isso, mas estava pouco à vontade para fazê-lo.

10502533_561966497265661_2706419203675594423_n
Mark Manson e a vista da cidade maravilhosa

Você deve estar achando estranho, mas antes disso, gostaria de te perguntar: Você entendeu parte da letra da música acima?

Sim? Não? Ok, sem problemas, vamos então direto ao ponto. Minha intenção era fazer você refletir sobre como nós brasileiros de uma maneira geral, aceitamos a cada dia mais e mais coisas erradas em nossa sociedade, você não concorda? Estou falando alguma besteira?

Responda-me com sinceridade, você acha normal ver filas de pessoas esperando horas por atendimento médico precário em nossos hospitais públicos? Você vê com naturalidade os casos de corrupção no Brasil? Você não se espanta mais com o noticiário da TV sobre violência? Assassinatos e assaltos acontecendo todos os dias em proporções absurdas? Você não se espanta mais com notícias sobre aumentos do custo de vida? Você não acha normal ver todos os dias nomes de políticos envolvidos em roubalheiras? Você não acha normal aposentados receberem uma mixaria de aposentadoria? Você não se acostumou com o fato de que os professores recebem salários indignos? Você não se acostumou com policiais recebendo baixos salários para combater o crime?

page
Até quando?

Estas são apenas algumas questões que eu poderia te perguntar, existe muito mais como estas que fiz, eu ficaria aqui uma vida te perguntando sobre isso, mas sinceramente, acredito que você já se acostumou com a ideia de que isto é assim mesmo, que o Brasil é assim, que não adianta nada reclamar, protestar, ir para a rua em passeata civilizada para exigirmos mudanças, lutar pelos seus direitos, que morrer em filas de hospitais é normal, que 50 mil brasileiros aproximadamente morreram assassinados no país em 2015 também é normal. É incrível a facilidade com que nos acostumamos a estas coisas medonhas, é incrível como passamos a achar tudo isso normal, é incrível como aceitamos tudo isto, e mais, como se fosse normal, alôôôô!!!  Isto não é normal! Não precisa ser assim, é possível ser diferente, e para melhor, basta nos indignarmos, basta você tomar a responsabilidade em suas mãos, como na hora de votar, quando você cumpre seu dever de cidadão e sabe que seu voto ajudará a escolher seus representantes políticos, eu sei, ainda não sabemos votar, precisamos melhorar muito neste quesito, mas isto passa por uma educação de qualidade, enfim, a escolha é sempre sua, mas não esqueça que toda mudança começa por você!

Demonstrators hold a banner during a protest against Brazil's President Dilma Rousseff in front of the Brazilian congress in Brasilia

Já passou da hora da nossa sociedade acabar com esta síndrome de Gabriela, é possível sim mudar, o país não precisa ser ruim para sempre, nossos políticos não precisam ser os piores do mundo, não precisamos pagar os impostos mais altos do mundo sem ter nada em troca, a vida no Brasil pode ser boa. Foi-nos tirado o patriotismo, o amor à pátria de forma proposital, assim como nossa Educação que hoje é de má qualidade, tudo isto feito para que ocorresse exatamente o que vem ocorrendo, uma sociedade inerte, incapaz de reagir aos maus feitos, onde cada um quer saber de si, dos seus familiares e amigos, esquecendo-se da coletividade, do todo. Será tão difícil imaginar que se está bom para todos, quer dizer que você e todo mundo estão sendo beneficiados com uma vida melhor?

976911-22092015-dsc_4407_1
A função maior de um político é servir ao povo que o elegeu.

Em minha modesta opinião, o Brasil só melhorará quando o povo acabar com a síndrome de Gabriela, que tomou conta da sociedade brasileira, se você também acredita que “ Isso é mesmo assim, será sempre assim…” está na hora de mudar.

Por um Brasil melhor, mais justo e igual.

Saudações!

Agindo local, pensando global!

O universo conspira a favor, mas é preciso suar!

Carlos Avelino.

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s