Meio Ambiente x Usina de Tapajós

Agora é definitivo, a hidrelétrica de São Luiz do Tapajós no Pará, não será mais construída, orçada inicialmente em R$30 Bilhões e com capacidade para gerar 8.000 mega watts, teve seu arquivamento determinado pela presidente do IBAMA, Suely Araújo, que considerou que a Eletrobrás não cumpriu os requisitos requeridos, seu Estudo de Impacto Ambiental (EIA), não possui conteúdo para análise socioambiental e principalmente por seus impactos em terra indígena.

Assim está sepultado de vez mais um mega projeto do governo anterior que visava a construção de  mais esta hidrelétrica no Tapajós, os estudos técnicos indicavam que as falhas contidas no EIA, exigiriam uma série de reparos e ajustes futuros, o que poderia acarretar passivos socioambientais irrecuperáveis, além do fato de o prazo estipulado pela Resolução CONAMA 237/1997 ter expirado.

 

Local previsto usina de tapajos
_usina-tapajos-pac.jpg_01
Usina de Tapajós

Cabe agora ao governo federal e a iniciativa privada buscar saídas para a geração de energias necessárias num futuro próximo, alguns especialistas prevêem que isso custará mais caro ao governo e ao consumidor final, porque além das energias eólicas e solar, será necessário usar também as famigeradas usinas termelétricas, que poluem muito e tem geração de energia mais cara, custo que será repassado ao consumidor final.

Eu particularmente discordo, já existem implantadas no país usinas de energia eólicas que ainda não estão em pleno funcionamento, acredite você, por falta de linha de transmissão!

As usinas eólicas instaladas no nordeste mais especificamente em Pernambuco e no Ceará, já representam 30% de toda a energia utilizada no nordeste, estas usinas produzem hoje  em média apenas 56% da sua capacidade total, podendo alcançar mais em pouco tempo, basta que os ajustes nas linhas de transmissões sejam feitos , aliado a isto, está em construção na Bahia a maior usina fotovoltaica (solar) do Brasil, Projeto Ituverava, com capacidade anual de 500GWH.

Foto de capa desta matéria: Ilustrativa, retirada do material de divulgação da empresa.
Foto de capa desta matéria: Ilustrativa, retirada do material de divulgação da empresa.

Espera-se a entrega da usina pronta para entrar em funcionamento em meados de 2017, pela Enel Green Power (EGP) com custo avaliado de R$ 400 milhões de dólares, a mesma empresa já tem contratado no país a construção de mais 1.650 projetos de geração de energia solar, o que prova por si só o grande potencial solar que temos.

O Brasil precisa investir mais na geração de energias limpas, nosso país é abençoado por Deus e bonito por natureza, como nosso cantor Jorge Ben Jor diz em sua musica e que me veio agora como inspiração, e é verdade! Os ventos do nordeste brasileiro são excepcionais, propiciando condições de captação únicas no mundo.

Energia Eólica
Energia Eólica

Me junto aos ambientalistas e aos índios Munduruku, donos das terras que seriam alagadas pela construção da usina São Luiz, e que agora estão felizes por terem suas terras preservadas em seu meio ambiente, mas a luta não terminou, ainda existem outros 42 projetos de hidrelétricas só na Bacia do Tapajós e dezenas deles na Amazônia.

Foto protesto dos indios Mundurukus. Fonte: Greenpeace
Foto protesto dos índios Mundurukus. Fonte: Greenpeace

A solução dos nossos problemas de geração de energia passa por investimentos em energias alternativas e limpas, assim como na educação e conscientização da população para o uso mais racional da energia disponível, evitando desperdício na utilização de aparelhos elétricos com maior eficiência e mudança de hábitos.

Somos um país riquíssimo e devemos aproveitar isso da melhor maneira possível, sem exaurir o meio ambiente e nosso recursos naturais. Faça sua parte, mude seus hábitos, troque suas lâmpadas de casa por lâmpadas mais eficientes  em consumo de energia sem perda de qualidade , troque seus aparelhos elétricos antigos por novos, mais modernos e eficientes, você perceberá que em pouco tempo irá recuperar o investimento feito, além de economizar na sua conta de Luz, e com a vantagem de estar ajudando o país e o meio ambiente.

Agindo local, pensando global.

O Universo conspira a favor, mas é necessário suar!

Dr. Carlos Avelino.

Advogado | Palestrante | Consultor e Auditor Jurídico Socioambiental

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s