A pegada Ecológica e o Dia da Sobrecarga na Terra.

em

A interferência humana no ambiente, ao longo de toda nossa história, tem produzido muitas alterações no planeta. Desflorestamento, escassez de recursos hídricos, redução de biodiversidade, e um forte incremento de gás carbônico (CO2) na atmosfera, entre outras, constituem o rastro que estamos deixando em nosso planeta.

image

Você já parou para pensar como agimos? Retiramos da exuberância da Natureza e devolvemos um ambiente devastado e consumido em seus recursos, para que ele se regenere e possamos voltar à carga. É um esforço a que obrigamos o planeta, o nosso modus vivendi e, sobretudo, o estilo das sociedades modernas, exige excessivamente da capacidade de regeneração da Terra.

image

Olhando por este ângulo, vamos entender o que é a “Pegada Ecológica”.
Traduzida da expressão em língua inglesa “ecological footprint”, a pegada ecológica é a marca das pressões que a humanidade exerce sobre o planeta frente à sua biocapacidade, isto é, sua capacidade de se regenerar dos estragos que impomos.

É uma espécie de contabilidade ambiental, uma análise de balanço dos gastos humanos sobre o patrimônio natural, o que de uma forma bem drástica, a pegada ecológica poderia ser entendida como o rastro de destruição que deixamos na Terra enquanto existimos.

image

Assim como nosso corpo se regenera dos gastos do dia a dia e dos excessos que cometemos, também o planeta o faz. Quando desmatamos, a floresta cicatriza, recobrindo a área com nova vegetação, atraindo novamente a biodiversidade afastada. Quando poluímos um corpo d’água, os processos bioquímicos do ambiente hídrico recompõem para a condição anterior.
Há, porém, um limite desta capacidade de regeneração e de recomposição. É quando o corpo adoece. Assim também a Terra.

Com isto foi criado O “Dia da Sobrecarga da Terra”
A Global Footprint Network (GFN) é uma ONG internacional que luta pela causa da sustentabilidade. A GFN criou uma metodologia para medir a pegada ecológica, considerando como medida de referência o tamanho necessário das áreas produtivas do planeta para que sejam gerados produtos, bens e serviços que compensem o que foi consumido.

image

Dessa forma, todos os anos, diariamente, é feito o balanço entre receitas e despesas. Mede-se o quanto consumimos do planeta e confronta-se com sua biocapacidade, com o seu poder de regeneração. Quando essa conta não fecha, chegamos ao ponto onde nosso consumo ultrapassou o que as áreas produtiva disponíveis do planeta poderiam recompor. Esse dia é o Dia da Sobrecarga da Terra.

Neste ano de 2016, esse dia chegou em 08 de agosto, passado. Nessa data, consumimos toda a capacidade de regeneração da Terra. A cada ano antecipamos a data, o que significa que nossos recursos  estão acabando cada vez mais cedo. Significa que as nossas decisões talvez não estejam recebendo a nossa avaliação necessária antes de optarmos pelo destino que queremos. Veja como tem sido desde o ano 2000:

image

Diante desse quadro, alguns governos procuram disseminar a necessidade de se encontrar soluções que reduzam o consumo de recursos. Isso é buscar o caminho da sustentabilidade.

Por exemplo: você já ouviu falar em Economia Circular, em texto passado, falei sobre este tema. O que cada um pode fazer?

image

Tudo pode se resumir em uma atitude: repense a sua pegada ecológica e identifique quais insumos você utiliza no seu dia a dia e, sempre que possível, faça opção por alternativas que consomem menos recursos. Quer um exemplo? Embalagens! Faça opção por produtos com menos embalagens. Geralmente são constituídas por papel e plástico. Um utiliza recurso natural, enquanto o outro polui o ambiente no fim da cadeia.

Essa é a primeira e a mais importante atitude: repensar a própria pegada ecológica.

Dr Carlos Avelino

Advogado | Palestrante | Auditor e Consultor Jurídico Socioambiental

Texto feito com a participação de colaboradores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s