O perigo ronda a nossa porta

As Mudanças Climáticas estão trazendo de volta vírus mortais que estavam presentes nas camadas mais congeladas do planeta, alguns destes vírus são desconhecidos e por isso, não temos defesas ainda para combatê-los, outros são velhas pragas conhecidas e que levaram a morte milhares de humanos no passado.

Para que você entenda, vou explicar a seguir o que vem ocorrendo silenciosamente.

O aquecimento global tem derretido camadas de solo denominada Permafrost: que são camadas de solo congeladas, popularmente conhecidas como regiões polares, estas camadas que estavam congelados por milhares de anos, tiveram um processo de descongelamento que está liberando vírus e bactérias antes ausentes da nossa vida por milhares e milhares de anos, alguns que jamais tivemos contato ou sequer sabemos o que são.

helicopter.jpeg.size-custom-crop.1086x0

A Permafrost é uma camada do solo que é ótima para preservar micróbios, devido ser muito fria, onde há a existência de oxigênio e a falta de luz. Este solo congelado torna-se o local ideal para bactérias e micróbios permanecerem vivos por longos períodos de tempo, as vezes até mesmo por milhões de anos.

permafrost

Em 2016 um jovem menino de apenas 12 anos de idade morreu após ser infectado pelo Anthrax trazendo a tona o que aconteceu há 75 anos atrás, onde uma Rena foi infectada pelo Anthrax e veio a óbito, sua carcaça permaneceu enterrada sob o solo congelado, permanecendo intacta até uma onda forte no verão de 2016 derreter a Permafrost, trazendo o corpo desta Rena contaminado a superfície, tornando o solo altamente infectado.

Anthraxstructure

Reservatórios de água e de alimentos foram contaminados, mais de 2 mil Renas que viviam próximas do local onde a carcaça contaminada reapareceu, foram infectadas e há suspeitas de não se tratar de um caso isolado.

A superfície da Permafrost derrete aproximadamente 50cm durante o verão, mas atualmente as mudanças climáticas vem expondo com frequência as camadas mais profundas da Permafrost.

Recentemente cientistas descobriram fragmentos de RNA, o componente mortal da Gripe Espanhola de 1918 em corpos enterrados em covas coletivas, em uma tundra do Alaska.

Varíola e Peste bubônica também foram encontradas em corpos enterrados na Sibéria.

Como consequência do derretimento da Permafrost, doenças com alto índice de mortalidade dos séculos 18 e 19 podem estar voltando, especialmente perto de cemitérios onde os corpos dos mortos infectados foram enterrados. Como exemplo podemos citar a epidemia de varíola na Sibéria em 1890, onde apenas uma cidade perdeu 40% da sua população atingida pela doença.

permafrost-210511195

Esta não é a primeira vez que bactérias que estavam aprisionadas nas camadas mais congeladas da Permafrost voltam a vida.

Em 2005 a NASA trouxe de volta a vida bactérias que se encontravam congeladas no Alaska por 32 mil anos!

Micróbios vivem congelados desde a era Pleistocene, época em que os mamutes viviam na superfície da Terra.

Dois anos após a NASA reviver bactérias já desaparecidas por milhares de anos, cientistas trouxeram a vida uma bactéria com tempo estimado de 8 milhões de anos de idade, que estava soterrada e adormecida nas geleiras da Antártica.

400d-Astronautas-de-la-NASA.-Small

O derretimento das camadas mais profundas de gelo tem o potencial de abrir a caixa de Pandora das doenças, que poderá ser um risco enorme para a saúde da população mundial, e seu desfecho custoso em todos os sentidos para a humanidade.

Está mais do que na hora de se levar a sério o tema Mudanças Climáticas, o assunto de hoje é apenas uma das inúmeras consequências que estamos sujeitos, caso nada seja feito para reverter o atual quadro.

Estamos em perigo real!

Saudações ecológicas!

Carlos Avelino.

Advogado | Palestrante | Auditor e Consultor Jurídico Socioambiental

Fonte : Science Nature Page.

1 comentário Adicione o seu

  1. Sheila disse:

    Depois dos chemtrails essa notícia vem confirmar….a população terrestre será reduzida não só pelos confrontos de guerra como na Siria e outros paises. Mas para confirmar…a autohemoterapia se divulgada será uma solução.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s